PARAJAPS

Parajaps 2017

04/11/2017

Além das vendas: amor pela bola, superação e entusiasmo marcam a vida de atletas do Goalball

Assim como no futebol ou no futsal, o goalball é um esporte que une várias emoções em quadra e mais do que isto, é um símbolo de união, disciplina e reforça muito o quanto a superação de limites pessoais e no esporte vai muito além de qualquer condição física como a perda da visão.

Campeão das Américas e vice-campeão mundial do Comitê Paralímpico das Américas pela Seleção Brasileira de goalball, o atleta Marcio Augusto de Carvalho tem uma história para lá de inspiradora.  Pela primeira vez no PARAJPs como convidado do time de Foz do Iguaçu, ele conta que nasceu com parte da visão limitada e sofreu um acidente durante uma de suas primeiras competições em 2015, mas a vontade de superar os objetivos sempre venceu.

“Eu estava praticando com óculos adaptado e por um momento os óculos entraram no meu olho. Assim perdi a visão total do lado esquerdo, mas não desisti de representar o município e o país. Meu foco sempre foi o alto rendimento e por isso entrei na Seleção e hoje viajo o mundo inteiro. As pessoas com deficiências são capazes de fazer qualquer coisa.  Na verdade, se pararmos para pensar, todo mundo pode ter uma deficiência. Algumas visíveis e outras não”.

Diferente de Marcio, o atleta Patrick Vieira Souza, que compete pelo goalball e pelo atletismo, adquiriu a deficiência após ter batido a cabeça enquanto brincava de pega-pega. Ele passou por várias cirurgias, chegou a recuperar 3% da visão direita e 0,25% da esquerda mas isso não durou. Com 15 anos conheceu o goalball e se apaixonou, para ele o esporte  abre uma outra perspectiva de mundo que também tem muitas portas e precisa de incentivo e divulgação.

.

“Minha meta é chegar na seleção igual o meu colega, enquanto isso eu treino no atletismo e no goalball. Já fui campeão do atletismo e minha meta é 13’69''. Eu quero chegar na seleção do Goalball. Participo do programa Talento Olímpico do Paraná, o TOP e é um incentivo. Nós temos raça, representamos a cidade e o país e eu acho que isso tem que continuar e a mídia deveria divulgar mais o esporte paralímpico”, comentou.

Atleta de Curitiba pela ABASC, Alan Machado, joga há 7 anos e esse é o quarto PARAJPs que ele participa com sucesso. Judoca e jogador de goalball há muito mais tempo, ele analisa as competições, os jogos Paralímpicos e as instituições de uma forma muito positiva.

“O paradesporto aqui no Paraná melhorou bastante principalmente nos últimos anos. Eu pratico Judô e Goalball há 15 anos. O mais legal é as instituições da cidade é que elas estão se envolvendo também e participando. Isso é um trabalho em equipe entre as cidades e as instituições que apoiam as pessoas. Se não fosse pelas instituições não teria como um atleta como eu ou como ele estar representando Curitiba aqui, então é um trabalho de parceria”.

.

Ex-jogador da seleção, Guilherme que se formou em educação física neste ano, já fez parte de várias competições do goalball e do atletismo, recebendo incentivo pelo Bolsa Atleta a nível estadual e nacional. Com 3% da visão do lado direito atualmente, ele define o esporte como um divisor de águas que o ajudou tanto na adaptação e independência como na motivação para a vida.

 “ Em 2007 eu era aluno do Instituto de Cegos de Londrina e quando  esporte me ajudou muito a ser o que eu sou hoje. Em todos os aspectos. Tanto na interação com as outras pessoas como na vida e na adaptação . Me formei em educação física pela UEL e jogo até hoje. O esporte para mim foi um divisor de águas, eu era um e hoje eu sou outro”, afirmou.

.

Com tantas histórias de superação, incentivo, atletas TOP ou não, que estão por aí conquistando reconhecimento pelo mundo afora, fica difícil contar algumas histórias. Assim como Alan Machado mencionou, a união faz a força e esse sentimento é algo compartilhado não só pelo goalball, mas por todos os esportes adaptados ou paralimpicos, que com competições como o PARAJAPs podem ter mais visibilidade, incentivo, inclusão social e ser uma gota no oceano que faz a diferença no meio esportivo de forma geral.

 

Acompanhe os PARAJAPs no facebook: facebook.com/jogosabertospr/

 Os Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná - Parajaps são promovidos pelo Governo do Estado, por meio das Secretarias do Esporte e Turismo, com apoio do município de Maringá.

COM/PARAJAPs

Bruna Martins Oliveira
Bru.martins26@hotmail.com

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.