Paraná Combate

PARAJAPS

2022 - JAPs

26/11/2022

Tênis de Mesa conta com a experiência de três árbitros internacionais

Conhecimento, especialização e a capacidade de conduzir um dos esportes mais populares do planeta, são requisitos desses grandes profissionais da arbitragem

Árbitra internacional Leonor Demário. Foto: Marcelo Soares / Paraná Esporte

A terceira etapa da Fase Final dos JAPS (Jogos Abertos do Paraná), no tênis de mesa, que está sendo realizada na cidade de Apucarana, de 25 a 27 de novembro, conta com uma arbitragem de ponta. Destaque para os árbitros internacionais Leonor Demário, Gilberto da Silva e Oliveira e Luciano de Andrade.

Natural de Guarapuava - PR, Leonor Demário relata que atua na arbitragem do tênis de mesa desde 1988, somando 34 anos de dedicação a este esporte apaixonante. Com o passaporte carimbado para vários países, ela coleciona em seu currículo a participação em diversos campeonatos mundiais.

Leonor relembra sobre as Olímpiadas de Atenas 2004 - na Grécia e ressalta que foi marcante na vida dela, onde considera o berço dos jogos modernos. Outro lugar que ela não esquece é a participação nas Olímpiadas de Pequim 2008, na China, que é capaz de reunir o maior número de praticantes de tênis de mesa do mundo.


Gilberto da Silva e Oliveira

Árbitro Gilberto da Silva e Oliveira. Foto: Marcelo Soares / Paraná Esporte

Árbitro internacional Gilberto da Silva e Oliveira. Foto: Marcelo Soares / Paraná Esporte

O árbitro internacional Gilberto da Silva e Oliveira também é mais um dos destaques nesta edição dos JAPS em Apucarana. Nascido no Rio de Janeiro, atualmente reside na capital paranaense. Ele iniciou a carreira em 2010 e na condição de um dos alunos da professora Leonor Demário, realizou naquele ano um curso estadual.

Na sequência Gilberto fez um curso para árbitro nacional. Recentemente, em 2020, teve a oportunidade de realizar uma prova e tornou-se árbitro internacional. Ele ainda não teve oportunidade de atuar em outros países, pois no período da sua formação o mundo passou por uma das mais temidas pandemias, a Covid-19.


Luciano de Andrade

Árbitro Luciano de Andrade. Foto: Marcelo Soares / Paraná Esporte

Árbitro internacional Luciano de Andrade. Foto: Marcelo Soares / Paraná Esporte

Luciano de Andrade, o mais recente árbitro internacional do grupo – aprovado no ano passado, atua na arbitragem desde 2016. Ele também mora em Curitiba e a sua trajetória foi marcada quando começou a acompanhar o filho em competições do tênis de mesa.

Andrade fez questão de mencionar o nome do coordenador da modalidade nesta edição dos Jogos Abertos, o professor Osmael Molett. "Foi ele que abriu as portas para mim e me inseriu na arbitragem dos jogos oficiais. Comecei nos jogos escolares, depois fui para os Jogos da Juventude, Jogos Abertos e assim por diante", enfatiza.

"Agradeço também a professora Leonor Demário, que foi minha tutora quando realizei a prova para me tornar árbitro internacional. Tive aulas duas vezes por semana com ela e isso enriqueceu muito o meu conhecimento na aplicação das regras do tênis de mesa", ressalta.  

Sobre o tênis de mesa nos JAPS

As disputas da modalidade do tênis de mesa tiverem início na manhã desta sexta-feira, (25/11) e encerram neste domingo, (27/11). Os jogos estão acontecendo no Ginásio de Esportes do Colégio Estadual Nilo Cairo e a entrada é gratuita.  

A 64ª edição dos Jogos Abertos do Paraná é uma realização do Governo do Estado do Paraná, por meio da Superintendência Geral do Esporte. A competição conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Apucarana.


COM/JAPS

Marcelo Soares 



Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.